quarta-feira , 24 outubro 2018

Após 36 anos, PES inaugura primeira obra de ampliação

O Presídio Estadual de Santiago, que tem como Diretor, Marcelo Soares Machado, inaugurou na manhã de terça-feira, 10, a ampliação da instituição prisional, participaram do ato autoridades da área de Segurança Pública e do Poder Judiciário, imprensa e convidados.
A ampliação do presídio foi iniciada em 03 de julho de 2017, e sua conclusão foi em 04 de outubro de 2018, tendo um investimento na obra de R$ 882.269,00, oriundos do Poder Judiciário, por meio da Vara de Execuções Criminais de Santiago, através de iniciativa da Juíza de Direito Cecília Laranja da Fonseca Bonotto, em parceria com o Conselho da Comunidade e Superintendência de Serviços Penitenciários do RS.
A obra de ampliação consistiu-se na construção de 7 celas com capacidade para 9 apenados, totalizando 63 vagas masculinas e 2 celas, uma com capacidade para 10 apenadas e outra para 6 apenadas, totalizando 16 vagas femininas. Tanto as vagas masculinas como as femininas são destinadas ao regime fechado.
Além do aumento no número de vagas, foi construído ainda um pavilhão multi-tarefas, que será utilizado para realização de cultos e eventos, além de uma nova sala de secretaria para os servidores administrativos. A área total construída totaliza 267 m², sendo realizada pela empresa Lopes Peixoto, de Santiago, a qual venceu o processo licitatório.
Com a referida ampliação, o Presídio Estadual de Santiago que antes possuía capacidade para 64 detentos do regime fechado, entre homens e mulheres, passa a ter uma capacidade de 137 vagas. Atualmente, o Presídio possui 120 apenados, além dos 43 detentos que foram encaminhados para outras penitenciárias para a realização da obra. Com retorno destes, a população prisional em regime fechado em Santiago terá 163 apenados, porém em melhores condições de abrigo já que as novas instalações são maiores do que as celas antigas.
A ampliação foi a primeira obra realizada no Presídio Estadual de Santiago, desde sua inauguração em 1982.

Fotos: Elias Alfonso

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top