domingo , 8 dezembro 2019

Após seis anos de espera Cacequi recebe o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) tem como grande objetivo chegar de forma precoce a uma vítima depois de ocorrer alguma situação seja de urgência ou emergência, que possa levar a sofrimento, a sequelas ou mesmo à morte. São urgências as situações de natureza clínica, cirúrgica, traumática, obstétrica, pediátrica, psiquiátrica, entre outras.

O Ministério da Saúde vem buscando cada vez mais implementar a Política Nacional de Atenção às Urgências, da qual o SAMU 192 é componente fundamental. A referida Política prioriza os princípios do SUS, com ênfase na construção de redes de atenção integral às urgências regionalizadas e hierarquizadas que permitam a organização da atenção, com o objetivo de garantir a universalidade do acesso, a equidade na alocação de recursos e a integralidade na atenção prestada.

Cacequi foi beneficiado nesta quinta-feira, 01 de agosto, com o serviço do SAMU. O início das atividades foi marcado por um grande evento, pois a espera também foi longa para se conquistar este serviço.

Em entrevista com o secretário de Saúde do Município de Cacequi, Leomar Maurer, a proposta de implantação do SAMU 192 no município foi encaminhada ao Ministério da Saúde ainda em 2013. Este é um grande sonho de toda a comunidade, já que assim o município terá mais suporte para realizar os atendimentos, sem que a vítima corra tantos riscos, inclusive de morte, já que o SAMU tem o intuito de atender de forma antecipada.

Foram seis anos de luta para que a proposta fosse aprovada e o serviço começasse a ser realizado no Município de Cacequi, anos de espera e de muita burocracia por parte do Governo Federal.

De acordo com Leomar, o SAMU de Cacequi será uma Unidade de Suporte Básico USB e a equipe será formada por cinco condutores socorristas, cinco técnicos em enfermagem e um enfermeiro responsável. A base foi instalada ao lado da Secretaria Municipal de Saúde e todo acesso ao serviço será através do 192, pela Central Estadual de Regulação de Urgência e Emergência.

Conforme o secretário de Saúde, o investimento para a implantação do serviço do SAMU em Cacequi foi de R$ 200 mil, na aquisição da ambulância que foi feita pelo Ministério da Saúde.

Leomar ressalta que de 2015 para cá, esta é a primeira implantação de SAMU no estado do Rio Grande do Sul. “Implantar hoje, o serviço de SAMU em Cacequi é a realização de um sonho, de um projeto que iniciou em 2013 e após termos vencido todas as etapas, neste 01 de agosto, entregamos a nossa comunidade o serviço que chega precocemente ao socorro das vítimas”, comentou o secretário.

Leomar informou ainda que, além do projeto ter sido pensado em benefício à comunidade cacequiense, os usuários da ERS 640 no domínio territorial de Cacequi, também serão beneficiados, desta forma todo acidente que ocorrer nesta ERS será atendido pelo SAMU 192 de Cacequi.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top