sábado , 23 junho 2018

Coopatrigo lança o “Rede Solidária” que faz parte do Dia de Cooperar

A Coopatrigo lançou no dia 23 de maio, a sua tradicional campanha “Rede Solidária” que faz parte do movimento nacional do cooperativismo Dia de Cooperar.
Cuidar do econômico sem descuidar das pessoas. Essa é a natureza do cooperativismo, um modelo de negócios que já envolve um em cada cinco brasileiros, na geração de trabalho, emprego e renda. O Dia C, que em 2018 completa cinco anos de atuação nacional, já faz parte, inclusive, da agenda estratégica do Sistema OCB e reforça o propósito do movimento SomosCoop: tornar o cooperativismo brasileiro mais conhecido pela sociedade e despertar o orgulho naqueles que já fazem da cooperação uma prática diária.
Desde o seu lançamento até o dia 23 de junho, os colaboradores da Coopatrigo juntamente com as 12 entidades beneficiadas farão um trabalho de coleta de donativos de alimentos e recursos financeiros os quais serão divididos, com cada entidade levando a sua parte para a manutenção dos seus serviços.
Em 2017 a Rede Solidária conseguiu arrecadar R$ 69.000,00 em dinheiro e 3.500 kg de alimentos e a meta este ano é no mínimo atingir estes mesmos números e para isto está sendo solicitada a colaboração de todos aqueles que forem abordados neste período.
As entidades beneficiadas com a campanha são: Lar Escola, Lar do Idoso São Vicente de Paula, APAE, Hospital de Caridade e Liga Feminina de Combate ao Câncer de São Luiz Gonzaga; APAE, Associação de Amparo ao Idoso Padre Olmiro Hartamann e Casa da Passagem ao Lar da Criança de Santo Antônio das Missões, Hospital Santo Antônio de Caibaté, APAE de Bossoroca, Lar do Idoso São Nicolau e Sociedade Assistencial Santa Izabel de Santiago.
Na oportunidade do lançamento de mais um Rede Solidária as entidades registraram o quanto esta campanha é importante para elas e este período é aguardado com expectativa com cada uma já tendo a destinações das doações que forem realizadas, sempre para manutenção dos serviços ou até mesmo em investimento na estrutura de cada uma delas.
Iria Diedrich, diretora do Hospital de Caridade de São Luiz Gonzaga disse que o recurso recebido no ano passado serviu para a reforma da lancheria do hospital, que é uma fonte de renda para a manutenção dos serviços de primeira necessidade.
O presidente Ivo Batista por sua vez, disse que o Rede Solidária valoriza o trabalho voluntário que muitas pessoas realizam na condução de todas estas entidades, sempre atendendo os mais necessitados.
O Rede Solidária se encerra dia 23 de junho, quando serão feitas as distribuições das doações a que cada entidade terá direito.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top