quarta-feira , 27 outubro 2021

Desenvolvimento Social incentiva destinação de imposto para projetos

Na segunda-feira, a secretária de Desenvolvimento Social, Denise Cardoso, fez uma palestra com a contadora BeloniceSotoriva, do Conselho Regional de Contabilidade do RS, que conversou com representantes de escritórios de contabilidade e de entidades para que estimulem a destinação dos 3% imposto de renda devido, que pode ser repassado para o Fundo da Criança e do Adolescente. Neste ano para ser deduzido na declaração de renda de 2019. 

Já está chegando a época em que o Leão do Imposto de Renda quer a sua fatia sobre o ganho dos brasileiros, tendo como prazo final, 30 de abril. E é nessa hora que as pessoas podem destinar parte do imposto para ajudar em projetos sociais de Santiago.

Em 2017, um total de 3.687 pessoas físicas fez a declaração de imposto de renda (completa) em Santiago. Se todas tivessem feito a destinação dos 6% possíveis de ser deduzidos do imposto devido ou a ser restituído, o município teria garantido mais de R$ 1 milhão e 356 mil para serem investidos em projetos na área da criança, do adolescente e do idoso. No entanto, apenas 17 pessoas lembraram de fazer a destinação do percentual e somente R$ 22 mil ficaram aqui. O valor não destinado fica todo com o Governo Federal.

Quem tem Imposto de Renda a restituir ou a pagar pode fazer a destinação antecipada. Basta direcionar na hora de fazer a declaração do imposto de renda. Demais informações sobre isso nas Secretarias de Desenvolvimento Social e também a Secretaria da Fazenda.

Contas:

  • Fundo da Criança e do Adolescente- Caixa Federal- Banco 104.  Agência- 503- Operação 006- Conta 256-2- Para transferências, o CNPJ é 14.368.522/0001-55
  • Fundo do Idoso- Banrisul- Agência 0360- Conta 040794330-2

Reunião tratou sobre destinação de imposto para projetos

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top