terça-feira , 23 outubro 2018

Domingo de eleições movimenta o país

Este domingo é de escolher os representantes que irão governar um país, são eles: presidente, governador, senadores e deputados. É um momento crucial, em que o voto define os rumos, por isto, votar consciente e em políticos sérios que irão trabalhar em prol do povo é muito importante. Lembre-se, o voto é seu, portanto não venda e não troque por nada, a corrupção que hoje tomou conta do país, inicia por uma simples compra de votos. Se o político é capaz de comprar um voto, imagina o que ele pode fazer quando estiver com o poder nas mãos? Pense nisso. Outro ponto a se pensar é quanto às propostas dos candidatos, estas não devem ser utopias ou impossíveis de serem concretizadas, mas em prol de toda população, priorizando as áreas essenciais.
As eleições acontecem no domingo, a partir das 8h e vão até às 17h (horário de Brasília), a população apta a votar deve escolher um presidente, um governador, dois senadores, um deputado estadual e um deputado federal. Durante do dia de votação algumas regras devem ser respeitadas:

O que não pode fazer no dia da eleição

Concentração de pessoas, até o fim da votação, com camisas padronizadas, bandeiras, broches (bottons) e adesivos de candidatos ou de partidos;
Utilização de alto-falantes ou amplificadores de som;
Realização de comícios ou carreatas;
Oferecer alimentos ou transporte de eleitores;
Fazer boca de urna ou tentar convencer um eleitor a votar em um candidato ou a não votar;
Distribuir qualquer tipo de propaganda eleitoral, como santinhos ou panfletos;
Impedir que um eleitor vote;
Usar celular, máquina fotográficas, filmadoras ou outro dispositivo que prejudique o sigilo do voto;
Realização de debates na televisão e no rádio ou transmissão de propaganda eleitoral;
Venda bebidas alcoólicas das 6 horas até às 18 horas;
O eleitor que presenciar a ocorrência de alguma das proibições deve informar ao Juiz Eleitoral da zona onde o fato aconteceu.

Penas de crimes eleitorais

Impedir o voto de outro eleitor: reclusão de 4 a 6 anos e pagamento de multa (art. 302 do Código Eleitoral);
Oferecer ou dar alguma vantagem ao eleitor para ganhar votos: reclusão de até 4 anos e pagamento de multa (art. 299 do Código Eleitoral), pagamento de multa e cassação do registro de candidatura ou diploma de eleito, se for candidato (art. 41-A da Lei das Eleições);
Fazer boca de urna, propaganda política ou usar alto-falantes: detenção de 6 meses a 1 ano e pagamento de multa (art. 39, §5º da Lei das Eleições).

O que pode fazer no dia da eleição

Demonstrar a sua preferência por um candidato ou partido com o uso de bandeiras, broches (bottons) ou adesivos. Mas a manifestação deve ser silenciosa e individual.
Usar camisa e boné pode ser permitido se forem feitos pelo eleitor. Mas, se houver uma concentração de pessoas usando camisas, bonés ou outros tipos de publicidade de um candidato ou partido, isso pode ser entendido como propaganda, o que é crime eleitoral.
A fiscalização do partido ou coligação durante a votação na seção eleitoral;
Levar uma “cola” com os números dos candidatos para a urna de votação.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top