quarta-feira , 20 outubro 2021

Em constante aperfeiçoamento

Leonardo Ravalha, cabeleireiro que atua há oito anos em Santiago, viajou a Paris para uma especialização. Ele contou para a reportagem do Jornal A Folha como foi esta experiência.

Como surgiu a oportunidade de ir a Paris?
Acho paris uma referência para toda essa parte de beleza, tendências, novidades. Tudo o que eu vi lá vai chegar aqui no Brasil no inverno. Então eu sempre tive vontade de ir para Paris. Quando a oportunidade surgiu, fui atrás e consegui. Organizei tudo o que precisava e quando eu vi, estava embarcando. Em Porto Alegre, encontrei uma equipe dos irmãos De La Lastra, que são profissionais muito conceituados nos grandes centros. Fiz uma especialização em corte, coloração, penteado e maquiagem. Além de uma parte de tendência para noivas. Foram oito dias de curso.
Como foi conhecer outra cultura, é muito diferente daqui?
As mulheres lá têm outra visão, e os profissionais também. Eles adaptam a técnica para a pessoa, dependendo do perfil do cliente. É um pouco diferente daqui, onde as mulheres seguem muito mais o que está na moda naquele momento. Eu vi lá o que vai chegar para nós no próximo inverno. Por exemplo, a técnica das ombrés vão continuar, mas de formas diferentes. Hoje, o cabelo é escuro na raiz e vai clareando até as pontas. A tendência que vem de lá é com a tonalidade clara no meio do cabelo. Mas com uma técnica totalmente diferente, e o cabelo todo desfiado. Lá é tudo muito tecnológico, e aqui isso ainda não funciona assim. Então eu preciso adaptar o que vi lá a nossa realidade aqui. Além disso, a tendência ainda não chegou no Brasil, então as clientes ainda não querem. Não que eu não vá utilizar, mas leva mais um tempo para que a moda pegue aqui.
E as mulheres em Paris, como usam os cabelos, maquiagem?
As mulheres lá são muito produzidas. Usam os cabelos com muito volume, com cores fortes. Muitos tons de cobre, todas as variações. Além de muita maquiagem. Ela pode estar com um rabo de cavalo, andando de metrô, mas sempre muito maquiada. Aliás, lá é tudo muito lindo. Eu procurei conhecer os salões. O mais engraçado é que o preço é tabelado, e o que diferencia é o estilo. Cada salão tem um estilo diferente. Então a cliente procura o salão que mais tem o estilo dela.
Qual o diferencial do profissional Leonardo Ravalha?
Estou sempre em busca de aperfeiçoamento. Eu me orgulho disso e acho que esse é meu diferencial. Nosso mercado está sempre com novidades e minha busca é continua, estou sempre me atualizando.
Já está planejando outras viagens?
Em janeiro, provavelmente eu retorne a Paris para fazer um curso de penteados e em julho de 2015, os planos são especializações em Valência e Ibiza. Além de estar me organizando para setembro ir na Hair Coiffeur, que acontece também em Paris.

Leonardo Ravalha

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top