sexta-feira , 24 maio 2019

Final de Semana para lembrar de entes queridos

No dia 02 de novembro, celebra-se o Dia de Finados. A data é exaltada principalmente pela Igreja Católica em muitos países, homenageando os entes queridos que já morreram. A religião protestante não reconhece o feriado do Dia dos Finados como uma celebração, pois acreditam que a data não está presente na Bíblia, consequentemente eles não têm motivos para comemorar ou homenagear.

Em Santiago, o movimento nos cemitérios Municipal e Paulo VI, é intenso, pois muitas pessoas vão deixar flores, acender velas e fazerem orações nos túmulos de familiares ou amigos. O jornal A Folha, conversou com o secretário de Gestão de Santiago, Tiago Gorski Lacerda, para conversar sobre o Dia de Finados.

IMG_2007

Segundo Tiago, este ano, a gestão do cemitério está diferente, no mês de outubro sempre é intensificada a limpeza por parte do município, por ser o mês que antecede o Dia de Finados, existe ainda uma equipe que trabalha o ano todo no Cemitério Municipal, realizando obras de melhoramento.

“Possuímos vigilância 24h, câmeras instaladas, criamos escritório de atendimento, o que facilita o acesso ao público, a URI está finalizando um projeto de cadastro, que é o georeferenciamento, onde já estão mapeados os túmulos, isso servirá para facilitar a localização de capelas e túmulos”, destacou Tiago. O secretário ressalta que as pessoas ao fazerem a manutenção, não deixem restos de material jogados pelo cemitério, solicita ainda que os túmulos devem ser mantidos em perfeitas condições, “nós temos vários túmulos não identificados, em péssimo estado de conservação, os quais estão marcados com uma cruz verde, que são aqueles que precisam de certo tipo de reparo”, finalizou. No Dia de Finados, são comercializadas flores e velas em frente ao Cemitério Municipal, para aquelas pessoas que não conseguiram comprar antes. O movimento no final de semana do feriado é grande nos cemitérios.

Foto: Carine Martins

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top