domingo , 16 junho 2019

Fique atento ao IPVA e Licenciamento

O prazo para pagamento do IPVA 2019 vai até o dia 28 de dezembro, com descontos de 3%, ou abril de 2019, conforme a placa. Confira as datas abaixo:

1º de abril – final 1; 3 de abril – final 2; 5 de abril – final 3; 8 de abril – final 4; 10 de abril – final 5; 12 de abril – final 6; 15 de abril – final 7; 17 de abril – final 8; 22 de abril – final 9; 24 de abril – final 0.

O pagamento pode ser feito no Banrisul, Bradesco, Santander, Sicredi, Caixa (loterias) e Banco do Brasil (somente para clientes). Para quitar o imposto, o proprietário deverá apresentar Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Junto com o IPVA, é possível pagar o seguro obrigatório (DPVAT), taxa de licenciamento e multas de trânsito.

Confira as datas de licenciamento, que também variam de acordo com a placa: 30 de abril – final 1, 2 e 3; 31 de maio – final 4, 5 e 6; 30 de junho – final 7 e 8; 31 de julho – final 9 e 0.

O licenciamento do veículo possui três itens, são eles, IPVA, seguro obrigatório DPVAT e taxa de expedição do documento. Somente após a quitação desses três valores e de eventuais multas vencidas o veículo estará licenciado para o exercício 2019 e será emitido o novo documento de licenciamento (CRLV).

O veículo estando dentro dos prazos citados, é possível circular com os CRLV do ano passado.

Os valores que compõem o licenciamento podem ser consultados no site do Detran/RS, através do link consulta IPVA e licenciamento 2019.

Ao quitar todos os pagamentos, o documento é enviado via Sedex para o endereço que consta nos registros do Detran/RS, atualizados.

Alíquotas do IPVA no RS: 3% – Automóveis e camionetas; 2% – Motocicletas, 1% – Caminhões, ônibus, micro-ônibus e automóveis e camionetas para locação.

O desconto de pagamento até 28 de dezembro é de 3%. Quem pagar até o dia 28 de fevereiro terá desconto de 2%. Já os motoristas que deixarem para quitar até 29 de março recebem 1% de desconto. O valor também pode ser parcelado em três vezes, sendo que cada parcela seguirá os descontos previstos para cada mês.

Além disso, é possível ter descontos para bons motoristas. Quem não teve multas no período entre novembro de 2015 e outubro de 2018, a redução será de 15%. Já quem não teve multa depois de novembro de 2016, recebe desconto de 10% e, depois de novembro de 2017, tem direito a benefício de 5%.

Já o desconto do Bom Cidadão (para quem participa do Programa da Nota Fiscal Gaúcha), também prevê abatimentos em três faixas. Será de 5% para quem possuir 100 notas ou mais, de 3% para quem tiver entre 41 e 99 notas e de 1% para o contribuinte com até 40 documentos fiscais devidamente registrados.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top