segunda-feira , 6 dezembro 2021

GHS recebe novos e modernos equipamentos

O jornal A Folha entrevistou esta semana, o Administrador do Grupo Hospitalar Santiago, Ruderson Mesquita, o qual falou sobre o recebimento de novos equipamentos de Ressonância Magnética e Hemodinâmica, estes que irão beneficiar a população de Santiago e também regional, por serem modernos e pela agilidade.

O Grupo Hospitalar Santiago adquiriu dois novos equipamentos, um de Hemodinâmica, o qual é usado para a cardiologia, pode ser usado para neurocirurgia e vascular. O equipamento da marca Canon, antiga Toshiba, foi adquirido através de emenda do deputado Federal Marcelo Brum, oriundo de um recurso de aproximadamente R$ 5 milhões direcionados ao GHS. A Canon é uma marca líder no segmento de Hemodinâmica e Ressonância Magnética.

O equipamento de Hemodinâmica é o principal do INCOR – Instituto do Coração, que é situado em anexo ao Grupo Hospitalar Santiago, tendo sido construído um prédio novo, amplo, com excelente infraestrutura. O aparelho será usado para fazer cateterismo, colocação de stent, cirurgia do coração, ou seja, todos os serviços ligados à cardiologia.

Outro equipamento adquirido pelo hospital foi de Ressonância Magnética, também da marca Canon. A Ressonância irá aumentar o número e a qualidade dos exames a serem realizados e ainda dará mais agilidade no processo. “Uma ressonância de abdômen e de crânio que levava em torno de 50 minutos para fazer, com o novo equipamento faz em 5 minutos, uma tecnologia moderna”, destaca o Administrador Ruderson Mesquita.

De acordo com Ruderson, a Ressonância Magnética será instalada em torno de 20 dias, já o equipamento para o INCOR, o prazo é maior, entre 60 e 90 dias para a instalação. A utilização dos novos equipamentos se dará após processo de habilitação do SUS e convênios.

Em relação à equipe, Ruderson Mesquita comentou que a mesma já está sendo definida, tendo como chefe do serviço, o Médico Hemodinamicista, Dr. Anibal Abelin, o qual é de Santa Maria e especialista para operar este novo equipamento de Hemodinâmica.

Sobre a Neurocirurgia, Ruderson explicou que também já tem a equipe, sendo o neurocirurgião Dr. José Francisco Schulte, e os atendimentos terão início dentro de alguns meses, mas tudo depende de demais equipamentos e instrumental cirúrgico.

Ruderson ressalta que o investimento total, entre prédio e equipamentos fica em torno dos R$ 10 milhões de reais, “estes espaços são muito importantes, pois são dois serviços que não temos hoje, na 4ª Coordenadoria Regional de Saúde – CRE, que são a Cardiologia e a Neurocirurgia” 

Hoje, os pacientes precisam ser mandados para outros municípios distantes, pela falta destes serviços. Com a implantação em Santiago, o GHS passa a ser referência há muitas cidades, com a implantação do INCOR. É importante frisar, que além de salvar vidas, há geração de empregos, movimenta a economia do município, pois mais pessoas buscarão atendimento no GHS.

Novo equipamento de ressonância magnética
Foto: Saimon Ferreira

Ruderson Mesquita comenta que a equipe está sendo definida
Foto: Carine Martins

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top