segunda-feira , 16 julho 2018

Instituto Riograndense é que irá administrar o Hospital de Caridade de Jaguari

O Instituto Riograndense de Desenvolvimento Social Integrado Saldanha Marinho, IRDESI, é a entidade que deverá administrar o Hospital de Caridade de Jaguari. O anúncio foi feito pelo prefeito Beto Turchiello na manhã desta segunda-feira (25), durante o programa “Bom Dia Prefeito” veiculado simultaneamente nas rádios Jaguari AM e Vale Verde FM. Conforme ele, após vencer o processo licitatório, e atendendo as especificações da lei das parcerias entre a administração pública e as organizações da sociedade civil, a entidade se credenciou para administrar os serviços de atendimento do Hospital de Caridade do município.
O IRDESI é uma associação privada, sem fins lucrativos, qualificada como Organização Social, nos Termos do Decreto Municipal nº 021/2016, com sede em Saldanha Marinho, RS. 
Dentre os objetivos principais do instituto está a prestação de serviços assistenciais na área de saúde pública e privada, através do atendimento básico e hospitalar, desenvolvendo as seguintes atividades: Atendimento hospitalar; serviços móveis de atendimento a urgências e de remoção de pacientes; atividades de atenção ambulatorial executada por médicos e odontólogos; atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares; atividades de apoio à gestão de saúde, dentre outras.
Ao assumir a gestão do Hospital de Caridade de Jaguari – o que deverá ocorrer na primeira quinzena de julho de 2018 -, o IRDESI deverá promover o recrutamento, seleção e monitoramento de pessoal; atualizar em até 90 dias os alvarás vencidos ou irregulares; realizar em até 60 dias a contratualização com a Secretaria Estadual de Saúde; ofertar em até 90 dias exames de raio x; ofertar em até 180 dias exames de ultrassonografia, incluindo-os no contrato com a Secretaria Estadual da Saúde; ofertar em até 180, também, os exames de mamografia, incluindo-os igualmente no contrato com a SES; e viabilizar em até 90 dias convênios com o IPERGs e Unimed; e promover melhorias na segurança do hospital.
A oferta e prestação de serviços médico hospitalar – com internações e procedimentos ambulatoriais -, deverá ter reserva de no mínimo 65% para os usuários do SUS no HCJ.
Pela parceria firmada de um ano entre o município de Jaguari e o Instituto Riograndense de Desenvolvimento Social Integrado de Saldanha Marinho, IRDESI, a prefeitura repassará a entidade o valor de R$ 2.097.600,00, da seguinte forma: R$ 242.800,00 durante os quatro primeiros meses, e depois, nos oito meses restantes o valor de R$ 140.800,00.

Fachada do Hosítal de Caridade de Jaguari

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top