domingo , 16 junho 2019

Juntos para Expandir Fronteiras

Além dos nove municípios atendidos na região, a Sicredi atenderá

mais 42 na área da Zona da Mata/MG

A Vale do Jaguari funciona como um sistema, mas as cooperativas filadas a ela são diferentes, possuem uma gestão local, o que as torna mais competitivas e dá uma flexibilidade para poder atuar conforme a demanda da população onde esta cooperativa está inserida.

Esta semana o jornal A Folha conversou com a diretoria da Sicredi Vale do Jaguari a respeito da expansão que está sendo feita pela instituição no Estado de Minas Gerais. Adriano explica que dentro da Sicredi Vale do Jaguari existe uma região estatutária de nove municípios, e a atuação da Sicredi na região é muito forte, já vai para 38 anos de cooperativa e nesse perídio a instituição foi se consolidando, principalmente através de um trabalho diferenciado que é sempre estar próximo aos associados e comunidade, buscando fazer a diferença na vida das pessoas.

Segundo  a diretoria, nos 9 municípios onde a Sicredi Vale do Jaguari atua somam 110 mil habitantes e ainda há muito o que se fazer enquanto instituição financeira, já são aproximadamente 40 mil associados que buscam a Sicredi por ser uma cooperativa que pensa no bem comum e realiza várias ações  sociais em prol da comunidade que a cerca.

 A diretoria destaca que há um projeto da Sicredi em âmbito Nacional, que visa abranger todo o território brasileiro, a Central que faz parte os Estados de Rio Grande do Sul e Santa Catarina ganhou novos estados para se expandir, não só a Vale do Jaguari, mas todas as cooperativas que fazem parte destes dois estados.

O Estado de Minas Gerais, onde a Vale do Jaguari irá atuar, foi todo mapeado e áreas foram criadas, com isso as cooperativas poderiam se candidatar, desde que fossem elegíveis, uma das condições é que tivessem feito bom trabalho nos seus locais de atuação e também ter um patrimônio forte e a Vale se encaixou nesses quesitos. O Conselho de forma visionária percebeu que a instituição precisava de mais pessoas para a cooperativa crescer ainda mais.

Através de estudo feito e apresentado ao Conselho de Administração foi escolhida Juiz de Fora/MG, cidade polo da região, junto com este município ainda tem 42 cidades que vão englobar esta nova área da Vale do Jaguari, com isso serão 9 municípios no Estado do Rio Grande do Sul, mais os 43 na região  da Zona da Mata/MG. A decisão de expandir a área de atuação da Sicredi Vale do Jaguari também teve a aprovação dos associados que votaram a favor durante as assembleias.

Com a aprovação do projeto de inserção da Vale do Jaguari em Minas Gerais, pelo Banco Central, ocorrida no mês de abril de 2019, a instituição também terá seu nome alterado passando a ser chamar de Sicredi Vale do Jaguari e Zona da Mata RS/MG, englobando as duas áreas.

Ainda é necessária uma homologação por parte do Banco Central da Assembleia Geral Extraordinária, o que deve acontecer até o final de junho, meados de julho, aprovada a assembleia a Sicredi poderá atuar como instituição financeira cooperativa nas cidades pertencentes a sua área de atuação em Minas. A expansão irá gerar muitas oportunidades, tanto para quem está na área da Vale do Jaguari, mas também empregos para quem está em Minas Gerais.

A partir da última aprovação do Banco Central, a Sicredi Vale do Jaguari e Zona da Mata RS/MG já poderá atuar com a abertura de contas através de seu sistema online, o processo todo é feito pelo aplicativo, após abertura da conta o cliente já se torna associado em Juiz de Fora/MG.

A Vale do Jaguari pretende ainda no ano de 2020, construir duas agências na área da Zona da Mata/MG, vale ressaltar que entre todas as cooperativas que fazem parte da Sicredi e estão inseridas na ideia da Sicredi Nacional, serão investidos 50 milhões de reais na criação de novas agencias em outros estados.

Com esse investimento em outro estado, toda a Sicredi Vale do Jaguari e seus associados ganham, porque a instituição está sempre fazendo a diferença através de um trabalho transparente, comprometido e também com suas ações sociais.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top