quinta-feira , 16 agosto 2018

Líderes assinam urgência para PL que proíbe o aumento abusivo dos combustíveis


Os líderes das bancadas assinaram nesta quarta-feira, 06, o regime de urgência para a tramitação do projeto de lei (PL 9.187/2017), de autoria do deputado federal Marco Maia (PT-RS), que proíbe os reajustes abusivos de preços dos combustíveis automotivos e do gás de cozinha acima da inflação em todo território nacional. A iniciativa busca acelerar a votação da matéria.
De acordo com a proposta, os reajustes poderão ser feitos de forma mensal ou anual respeitando o limite imposto pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido e divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Segundo o parlamentar gaúcho, não é aceitável que o povo pague a conta da sanha arrecadatória do governo federal e da Petrobras. “Enganam-se aqueles que acreditam que subir de forma abusiva o preço dos combustíveis está contribuindo para a saúde da economia brasileira, ao contrário, ao subir o preço dos combustíveis também sobe o frete, os custos de produção e em consequência o valor dos produtos básicos a sobrevivência das famílias brasileiras“, defendeu Maia. Caso o requerimento de urgência seja aprovado, a proposição será colocada na Ordem do Dia da sessão deliberativa.

 

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top