quarta-feira , 20 outubro 2021

Mais um óbito por Covid – 19 em Santiago Agora já são 26 mortes

O 26º óbito associado ao Coronavírus, em Santiago, foi confirmado pelo Boletim Epiemiológico da Secretaria Municipal da Saúde nesta quinta-feira, 14. A paciente, uma idosa de 85 anos, com outros problemas crônicos de saúde, estava no CTI do Grupo Hospitalar Santiago há quase 40 dias. Ela faleceu na noite de quarta-feira.

Segundo a notificação municipal, a idosa internou em 08 de dezembro apresentando tosse, febre, falta de ar, desconforto respiratório e dores no corpo. A infecção por Coronavírus foi confirmada através de exame, do tipo PCR.

Com a confirmação de mais uma morte, somente nesta semana foram contabilizados 4 óbitos associados ao Coronavírus. Sendo duas mortes no Grupo Hospitalar Santiago, um em São Gabriel e outro em Santa Maria, sendo três pacientes idosos de 73, 75 e 85 anos e um paciente de 53 anos.

Conforme Boletim Epidemiológico divulgado na quinta, 14, o município havia notificado 30 novos casos. Com este aumento já são 159 pacientes com o vírus ativo, 147 em isolamento e 12 hospitalizados.

Até o dia 14, Santiago tinha 1982 casos confirmados, sendo que 1797 pacientes já se curaram. Na segunda-feira, 11, foram registrados 31 novos casos, no dia 12 foram 24 e no dia 13 foram 20.

É importante a população manter os cuidados de higiene e o isolamento social. Sempre usar máscara. Os cuidados são essenciais para evitar o contagio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Santiago possui posto do CVV

Foi inaugurado em Santiago o posto do CVV – Centro de Valorização da Vida, que passa a funcionar junto à Praça da Escola Thomás Fortes, onde funcionava a Estação do Saber.

O referido serviço já está operacionalizado no município com a participação de 18 voluntários, os quais foram treinados pelo Núcleo de Apoio à Vida em Santiago (Navisan). Cada um vai doar quatro horas semanais do seu tempo para atender ligações telefônicas para 188 e fazer um trabalho de escuta e orientação, com o propósito de evitar casos de suicídio. O serviço é nacional e Santiago se torna o 17º posto do CVV.

De acordo com a assistente social Kelin Pinheiro, o CVV é o resultado de uma parceria entre o Poder Judiciário e prefeitura, através das Secretarias de Saúde e de Educação, juntamente com os voluntários, que estão muito motivados para trabalhar.

“Santiago ganha muito com isso, pois através do CVV Comunidade também vamos ter palestras de orientações e atividades de valorização da vida. As ligações telefônicas são sigilosas e a pessoa pode telefonar em qualquer situação, seja de um aperto no coração, uma dificuldade que esteja passando e precise desabafar. O propósito é o de ajudar”, afirma Kelin.

A inauguração do posto do CVV contou com a participação de todos os voluntários e também do secretário de Saúde, vice-prefeito Marcelo Piru Gorski e do vereador Fernando Oliveira.

Para entrar em contato com o CVV, ligue para 188

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top