sexta-feira , 22 outubro 2021

O Jogo da “BALEIA AZUL”

O Jogo da “BALEIA AZUL”

Você já ouviu falar desse jogo onde 50 desafios macabros são impostos para crianças e adolescentes virtualmente através de mídias sociais?

                O que atualmente está sendo conhecido como “jogo” na verdade é uma sequência de troca de mensagens em redes sociais (principalmente o WhatsApp) e tarefas a serem cumpridas. Nas conversas, um grupo de organizadores, chamados “curadores”, propõe 50 desafios macabros aos adolescentes, como fazer fotos assistindo a filmes de terror, automutilar-se desenhando baleias com instrumentos afiados em partes do corpo, ficar doente e sendo o último desafio o suicídio.

                Na Rússia já houve registro de morte de adolescente em decorrência desse jogo e no Brasil há investigações policiais de pelo menos três Estados, sendo que em uma delas, em Mato Grosso, há uma morte envolvida. No Rio de Janeiro, uma tentativa de suicídio supostamente teria relação com o jogo. Na Paraíba, a polícia já apura a participação de alunos de uma escola em João Pessoa de um grupo no WhatsApp disseminando as regras do desafio.

                Precisamos estar atentos ao que ocorre no mundo virtual. Adolescentes e crianças são alvos fáceis de coisas ruins, pois são mais suscetíveis e vulneráveis. Prestar atenção ao comportamento dos filhos é de suma importância nessa questão.

                A adolescência é envolta por um período de mudança relevante na vida de uma pessoa, sentimentos confusos, comportamentos desregrados, alterações no corpo, e isso tudo pode desencadear pensamentos equivocados sobre si mesmo, o que abre uma porta para que depressão, transtornos de humor, entre outras patologias.

                A DICA É: MUITO CUIDADO COM O MUNDO VIRTUAL, É UMA FACA DE DOIS GUMES, DE UM LADO TODA A FACILIDADE E GRANDEZA DA INTERNET E DE OUTRO AS ARMADILHAS PERIGOSAS AO ALCANCE DE UM CLICK.

                Por Vanessa Fajardo e Ana Carolina Moreno, G1

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top