segunda-feira , 6 dezembro 2021

Projeto “arborização + segura” prevê a substituição de árvores em conflito com a rede elétrica

Desde 2018, a Município possui um Termo de Cooperação com a RGE, que prevê a supressão de aproximadamente 300 (trezentas) árvores que estejam em local, crescimento ou porte inadequados ao sistema elétrico. E desta maneira, oferecendo risco de contato com a rede ou potencial de energização da árvore, que poderia ocasionar riscos de choque elétrico e interrupção do fornecimento de energia.

A RGE realizou o levantamento dos exemplares com necessidade de supressão e a equipe técnica da Secretaria Municipal de Ambiente tem feito a análise técnica e emissão das autorizações. Como medida compensatória, a RGE executará o plantio de mudas de árvores adequadas aos ambientes urbanos (praças, ruas, áreas verdes), bem como a substituição das árvores cortadas por outras de porte adequado. Em junho deste ano, já foram plantadas 300 (trezentas) mudas nativas na cidade, contemplando a avenida Alceu Carvalho, Distrito Industrial, praça do bairro Ana Bonato entre outros.

Para que ocorra a supressão, o proprietário do imóvel em que a(s) árvore(s) está localizada deverá ser previamente comunicado pela RGE e estar de acordo com a execução do serviço. Não serão retiradas árvores sem o consentimento do proprietário do imóvel.

Os moradores que entenderem haver necessidade de corte ou poda de árvore em frente a sua residência, que estejam ocasionando problemas na rede elétrica, poderão realizar a solicitação de vistoria técnica junto ao Protocolo da Prefeitura. 

Caso haja necessidade de intervenção será incluída no projeto. “Salienta-se que o projeto tem por objetivo aumento da qualidade de vida da população de Santiago, por meio de ações sustentáveis, com foco na arborização urbana, eliminando riscos e tornando o fornecimento de energia elétrica mais estável”, afirma bióloga Daniela Gonçalves. A Secretaria do Meio Ambiente está a disposição para mais informações ou sanar dúvidas, pelo telefone 3251-0783 ou na avenida Júlio de Castilhos, nº 279 (8h as 14h).

Município possui termo com a RGE que prevê supressão de 300 árvores
Foto: Divulgação

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top