sábado , 27 novembro 2021

Promessas de transformação para Santiago

Promessa de transformação para Santiago
Tiago

Tiago Gorski terá como prioridade serviços básicos para a população

O novo prefeito de Santiago, que tomou posse no dia 01 de janeiro, concedeu entrevista ao jornal A Folha, na tarde de terça-feira, 10, onde falou como será seu trabalho frente ao Executivo Municipal.
Tiago Gorski Lacerda contou que a ideia de ser candidato a prefeito de Santiago não foi sua, há quatro anos ele atuava na AES Sul e, recebeu o convite do ex-prefeito Júlio Ruivo para assumir a Secretaria de Gestão. Ao se tornar secretário da pasta destacou que não imaginava concorrer, mas foram surgindo oportunidades de trabalho, nas quais se destacou e também começou interagir mais com a comunidade. E, por conta da situação que o Brasil vive, o qual precisa de uma mudança, o partido entendeu a necessidade de renovação e com isso que Tiago e Cardoso representariam esta proposta de mudança.
Ambos aceitaram o desafio, trabalharam muito e o retorno foi que agora estão à frente da prefeitura. De acordo com Tiago, eles têm um grande compromisso, que é fazer a sucessão de grandes prefeitos que Santiago teve. “Vamos buscar fazer uma administração enxuta e eficiente, entregando aquilo de melhor que temos para nossa comunidade, sempre sendo parceiros dos sindicatos, das instituições, do funcionalismo público, para podermos ser um elo para atender a comunidade”, comentou.
Quanto aos secretários, o novo prefeito ressaltou que foram mantidas as 10 secretarias, a redução foi no número de secretários, que agora são sete, destes sete, cinco são funcionários públicos com salário compatível com o de secretário, com isso a economia se dá através dos cinco que são funcionários públicos, mais três que estão interinos. “A ideia não é economizar para não gastar, mas economizar para gastar bem”, frisou Tiago.
A equipe que vai atuar frente às secretarias, de acordo com Tiago Gorski é muito bem preparada, tem vasto conhecimento sobre as áreas em que vãoatuar, já estão há vários anos trabalhando na prefeitura, possuem um grande experiência técnica e de liderança, esta foi uma das formas inovadoras que a administração buscou para dar eficiência à maquina pública e também reduzir custos.
Quanto suas prioridades neste primeiro momento, vai ser começar pelo básico, será trabalhado para fortalecer a atenção básica na saúde, trabalhar forte na educação e também na parte de infraestrutura rural e urbana, através das estradas do interior, patrulha agrícola e também pavimentação, seja por asfalto ou por calçamento nas vias urbanas.
Será buscado estabelecer cenários com os parceiros, como Centro Empresarial, Santiago Crescemos Juntos, Agência de Desenvolvimento e com todos os órgãos e instituições que podem auxiliar no desenvolvimento.
Outro ponto importante que a nova administração vai trabalhar é o desenvolvimento econômico no campo, “temos que criar um mecanismo para que estas pessoas comecem a trabalhar no campo produzindo alimentos, precisamos ter alimentos livres de agrotóxicos, de qualidade e o belo exemplo que temos hoje são as feiras”, comentou.
Tiago falou ainda que a ideia é estimular as pessoas adquiram cada vez mais os alimentos direto do produtor, que eliminem o atravessador, priorizando o desenvolvimento local e, que os lucros girem no seu município. Também é uma ideia a criação de agroindústrias no interior, para aumentar a produção de alimentos para Santiago, como cucas, pães, doces, bolachas, entre outros.
Para o prefeito o d4esenvolvimento de Santiago deve ser feito por cada pessoa da comunidade, cada dia, porque ele não é realizado somente pela administração, a população tem uma importância muito significativa e uma das maneiras é priorizar adquirir produtos produzidos aqui.
O prefeito falou ainda sobre sua viagem a Porto Alegre, de acordo com ele o município recebeu uma ambulância para o SAMU, mas além na notícia boa, veio também uma preocupação, faz cinco meses que o governo do Estado não faz o repasse para manter o programa, “caso os repasses não sejam colocados em dia, corremos um sério risco de ter interrompido o serviço da SAMU em nossa cidade”, destacou. O ente conveniadoprecisa deste recurso para se manter, e conforme Tiago, pode ser que num futuro não muito distante, possa a voltar os atendimentos pelo Corpo de Bombeiros.
Existem grandes obras de interesse da comunidade para serem feitas, e uma das formas que a administração vai aderir para arrecadar recursos é através da cobrança das dívidas, “seremos muitos agressivos na cobrança da dívida ativa, é um dinheiro da comunidade e faremos medidas de economia”, ressaltou.
Quanto ao carnaval 2017, o prefeito comentou que a única definição até o momento é que vai ser realizado, serão cinco noites e dois matinés, provavelmente na Estação do Conhecimento, por questões de segurança.
Para finalizar Tiago comentou que este início, será para conhecimento, análise crítica das mudanças que serão necessárias, “será um ano de planejamento e de muitas incertezas, os recursos para os municípios são escassos e vamos buscar dentro do orçamento deixar recursos para investir em calçamento e asfalto, nosso mandato é de trabalho, de mãos dadas com o povo”, frisou.
Texto e foto: Carine Martins

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top