domingo , 25 outubro 2020

RS registra primeiros casos de sementes não solicitadas do exterior

As sementes não solicitadas do exterior são diversas e tem origem em diferentes países asiáticos. O relato oficial é de seis ocorrências no Estado. A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) efetuou três coletas nos municípios de Carazinho, Campinas do Sul e Rio Grande. Outras duas foram recebidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e uma terceira será entregue em uma inspetoria da Secretaria. O material será enviado para o laboratório oficial do Ministério, em Goiás. 

A Secretaria fez alerta na segunda-feira, 15, sobre o assunto e avisa a população que, caso recebam pacotes de sementes não encomendados, entreguem o material à inspetoria de defesa agropecuária ou escritório de defesa agropecuária mais próximo do seu município. “O pacote não deve ser aberto ou descartado no lixo, nem o material ou as sementes devem ser cultivados ou descartados no solo sob nenhuma hipótese, a fim de evitar que estas sementes atinjam o meio ambiente e áreas agrícolas do Estado”, alerta Ricardo.

Mais informações: Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Seapdr: (51) 3288-6289 e 3288-6294 ou pelo WhatsApp (51) 98412-9961 ou o e-mail defesavegetal@agricultura.rs.gov.br.

Rio Grande do Sul recebeu sementes não solicitadas

Fonte: Secretaria de Agricultura do Estado
Foto: Divulgação/Seapdr

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top