quarta-feira , 27 outubro 2021

Santiago começa vacinação com terceira dose de reforço

Nesta sexta-feira, 01, idosos acima de 80 anos e imunossuprimidos que já fizeram a 2ª dose há seis meses ou mais podem receber o reforço

O jornal A Folha conversou esta semana com o secretário Municipal de Saúde sobre a vacinação D3 – terceira dose de reforço para idosos acima de 80 anos e pessoas imunossuprimidas.Nesta faixa etária, quem já fez a 2ª dose há seis meses ou mais, pode procurar a dose de reforço nesta sexta-feira, 01 de outubro, a qual está sendo aplicada em todos os ESF’s e Centro Materno Infantil.

Sobre esta dose de reforço, ela segue outro protocolo e independe de qual laboratório foi aplicada a primeira e segunda doses, no início da vacinação. Mas, o secretário explica que preferencialmente o reforço será realizado com Pfizer, podendo ser AstraZeneca. Santiago, até este momento, recebeu somente vacina da Pfizer para a D3. É importante destacar que não há problema de intercambialidade de doses, para a terceira dose.

Quanto aos profissionais da área da saúde, já existe uma determinação por parte do Ministério da Saúde, em acordo com normativas da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária para proceder a vacinação nos grupos da linha de frente dos profissionais da saúde, mas ainda não há data prevista em virtude do planejamento de recebimento de vacinas do Ministério da Saúde. Ou seja, já há confirmação da dose de reforço aos profissionais, porém ainda sem previsão de início.

Em relação à vacinação para adolescentes, o secretário destaca que estão sendo vacinados abaixo dos 18 anos, sendo que nesta semana já foi vacinada a metade da faixa etária dos 15 anos, foram vacinados 222 jovens. Este número de vacinados se deve ao quantitativo de doses recebidas da Pfizer, única vacina autorizada para os adolescentes, o número de doses enviadas a Santiago foi suficiente apenas para metade do grupo desta faixa etária, por isso a Secretaria Municipal de Saúde chamou somente os nascidos de janeiro a junho, já com 15 anos completos.

Com as próximas remessas de doses da Pfizer que serão destinadas ao município, serão chamados os demais integrantes da faixa dos 15 anos e, dependendo da quantidade que vir, a Secretaria de Saúde poderá abrir também vacinação para a faixa dos 14 anos, previstos para semana que vem.Neste momento o município está sem doses da Pfizer para adolescentes. Assim que chegarem mais doses, continua-se a vacinação para os 15 anos,inclusive para aqueles remanescentes com mais de 15 até 18 com a Pfizer e outras idades com as demais vacinas.

Em relação a segunda dose para a população em geral, o secretário destaca que está sendo seguido um cronograma normal, sem atrasos na vacina. O que acontece, às vezes, é que as pessoas chegam nos postos, próximo ao encerramento do expediente, e a equipe não abre uma ampola, pois elas possuem várias doses de vacina, as quais precisam ser usadas em oito horas, por conta disto a pessoa precisa reagendar a sua vacina, para não haver perda de doses, mas não por falta do imunizante.

Vacinação começa nessa sexta-feira, 01 de outubro
Foto: Divulgação

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top