quarta-feira , 20 outubro 2021

Santiago receberá dois médicos cubanos

No mês de abril, o município de Santiago receberá dois médicos cubanos, através do Programa Mais Médicos. Os profissionais irão atuar nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) dos Bairros Vila Rica e Monsenhor Assis.

Ao todo, são 144 profissionais que fazem parte do terceiro ciclo do programa e vão atuar em 121 municípios do interior do Rio Grande do Sul.

Conforme lei, os médicos são selecionados para atuar no programa durante três anos. Durante este período, os profissionais formados no exterior terão registro profissional emitido pelo Ministério da Saúde, o que lhes dará o direito de atuar exclusivamente na Atenção Básica das cidades a que forem designados, com acompanhamento de tutores e supervisores. Além disso, todos os profissionais fazem especialização em Atenção Básica, oferecida pela Universidade Aberta do SUS (Una-SUS) na modalidade de educação à distância.
Conforme a secretaria de Saúde, Mara Machado, inicialmente os profissionais serão acolhidos em hotéis da cidade até que possam escolher e organizar residência definitiva.
Em relação à importância destes profissionais que irão atuar em Santiago a secretária de Saúde destaca, “esses profissionais são de relevante importância, pois vem para atender uma grande necessidade de nosso município que é a carência de profissional médico, principalmente em nossas unidades de ESF, temos a unidade de ESF da Vila Rica sem médico e a unidade do ESF Monsenhor Assis com médico de horário reduzido, o que não é o ideal. A convivência com a falta de médicos não é privilegio somente de Santiago, pesquisas mostram que o Brasil tem um número de médicos a baixo do mínimo necessário por habitantes (1,8 médico/1000 habitantes).
O Programa mais médico é um novo modelo de atenção à saúde que propõem avanços no sentido de suprir essa necessidade de profissionais médicos e nós precisamos desses profissionais em nossos ESFS para proporcionar a nossa comunidade o tão solicitado atendimento de saúde.
Inicialmente, receberemos dois profissionais, porém conforme as necessidades surgirem solicitaremos mais médicos.
No início do mês de março, Capão do Cipó, Mata, São Francisco de Assis e São Vicente do Sul também receberam profissionais cubanos, através do Programa Mais Médicos.

medicosw

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top