sábado , 15 agosto 2020

Santiago registra 4º óbito por Coronavírus

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou na terça-feira, 28, mais um novo caso de Coronavírus em Santiago. Uma mulher, de 48 anos, empregada doméstica, moradora do Bairro Monsenhor Assis, que teve resfriado e foi positivada por teste rápido no ESF do bairro. Ela está em quarentena domiciliar.

Com esse novo caso, o total de infectados até o fechamento dessa edição, no Município de Santiago é de 217 pessoas. O número de curados é de 181 pacientes. Com o vírus ativo, 32 pessoas estão em isolamento, sendo que dois estão hospitalizados. O município também informou que já contabiliza 4 óbitos, desde o início da pandemia, em março de 2020. São idosos que internaram em Santiago e, devido à gravidade dos sintomas, precisaram de atendimentos em CTI em outros hospitais e que faleceram nas cidades de Santa Rosa (10 de Julho), Alegrete (17 de Julho), Porto Alegre (27 de Julho) e Alegrete (28 de Julho).

Na segunda-feira, 27, foi registrado o 3º óbito por Coronavírus. A paciente, Maria Nenci Bochi Maronês, de 82 anos, caso de número 211, noticiado no domingo, 26. 

A idosa, moradora do Bairro Maria Alice Gomes, foi positivada por teste rápido no Hospital Militar de Santiago. Ela teve dor nas costas, diarreia, vômito e estava hospitalizada, segundo o relatório diário da Secretaria Municipal da Saúde.

Já na manhã de terça-feira, 28, Rosalina Lima Canterle, faleceu aos 70 anos, na CTI da Santa Casa de Alegrete. A idosa, moradora do Bairro Alto da Boa Vista, havia sido internada em Santiago, mas devido complicações de saúde foi transferida para Alegrete. Um exame PCR via Laboratório Central de Leitos do Estado, confirmou infecção por Coronavírus.

Os dois primeiros pacientes a faleceram da doença em Santiago também eram idosos. O primeiro óbito foi de Maria Ângela Machado da Rosa, de 73 anos, registrado em 10 de Julho, em Santa Rosa. O segundo óbito, de José Pedro Pedrolo, de 85 anos, ocorreu em 17 de Julho, em Alegrete. Ambos moravam em Santiago e receberam os primeiros atendimentos médicos em nossa cidade.

Foto: Divulgação

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top