segunda-feira , 16 julho 2018

Santiago terá ETE – Estação de Tratamento de Esgoto

Nesta semana, o jornal A Folha entrevistou o Gerente da Corsan, Joel Bonfim, a respeito da ETE – Estação de Tratamento de Esgoto, a qual será implantada em Santiago. De acordo com Joel, a ideia de se implantar a ETE em Santiago, já está bem avançada, a área que será comprada para instalação já está identificada, e com a matrícula em mãos, todo o projeto já foi realizado.
Joel explica que Santiago está dividida em duas partes, Leste e Oeste, dentro do projeto a primeira parte de captação de esgotos pela ETE será feita no lado Leste e, num segundo momento será a parte Oeste. A captação dos esgotos será feita em vias pluviais, quando este estiver chegando às sangas, será captado pelos emissários e direcionado pela ETE, onde este esgoto que entrou 100% poluído, será tratado e liberando com 20% de poluição, mas que não prejudica o meio ambiente. A obra terá um valor estimado de 16 milhões de reais.
Quando a ETE for construída, a população deverá solicitar a sua inclusão no tratamento de esgoto da cidade, com certeza, assim como o abastecimento de água, isto gera um custo. Joel comenta que a população irá pagar pelo serviço, por isso é importante solicitar o ligamento na rede. Mesmo não estando incluso, o consumidor irá pagar pelo serviço, como uma forma de multa, por não estar ligado à rede de esgoto. A obra ainda não tem data para começar.

 

Joel Bonfim, Gerente da Corsan em Santiago

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top