quarta-feira , 27 outubro 2021

Suspensão de CNH pode ser evitada

Muitos motoristas estão tento problemas por conta da suspensão de suas CNH. Conforme Aladi Medeiros, é importante alertar os motoristas para o cuidado que devem ter com a sua CNH. “Hoje está muito fácil de ter a carteira suspensa ou até cassada”, destacou Aladi.
Segundo ele, a cada infração que se comete, são atribuídos pontos a sua carteira. Se o motorista atingir 20 pontos já tem sua carteira suspensa. Além disso, existem outras situações que também podem levar a suspensão da carteira, como dirigir sob efeito de álcool, passar em um medidor de velocidade, conhecido como pardal, a mais que 50% que a velocidade permitida para o local.
“Aqui na cidade, onde a velocidade permitida é de 40 Km, então se passar a mais que 60 Km terá sua carteira suspensa. O tempo de suspensão da carteira vai variar de acordo com o histórico desse condutor. Se for um condutor que já cometeu outras infrações, essa suspensão poderá ser agravada. A pessoa tem que entregar a carteira. Além da suspensão, o condutor terá que fazer o curso e passar na prova do Detran. E nós percebemos muita dificuldade do pessoal recuperar a carteira em função das aulas e da prova. Então, por isso nós alertamos, se for a uma festa, vai tomar uma cerveja, é melhor pedir que alguém lhe dê carona, pegar um taxi ou ir a pé”, explica Aladi.
Conforme o motorista for cometendo infrações, estas vão se somando, se a pessoa for reincidente em álcool, se for pega mais de uma vez dirigindo embriagado dentro de um ano, inicia-se um processo de cassação da CNH.
Aladi, que é proprietário do CFC Direção Segura, destaca que o CFC busca chamar a atenção dos motoristas, pois muitas vezes a pessoa não se importa com as sinalizações de trânsito, principalmente comn pardais, que é o que mais multa. “O pardal que fica em frente à Escola Apolinário, se o motorista passar a 45 Km já tem a carteira suspensa”, comentou.
Em relação à sinaleira inteligente, próximo ao Sindicato Rural, Aladi destacou que o motorista é multado se passar no sinal vermelho, se passar a mais de 40 Km e se parar em cima da faixa. Mas que este é um semáforo educativo e que existem algumas situações que cabem recurso, por exemplo, caso tenha que parar em cima da faixa para um pedestre passar.
“É bom esclarecer que se a pessoa entrou no sinal verde e teve que parar por qualquer motivo, pode entrar com um recurso. A Prefeitura tem como confirmar o que o condutor está alegando”, comentou Aladi.
Outra notícia importante, é que o simulador de direção, que a partir deste ano está sendo obrigatório para quem irá fazer sua primeira habilitação, já no CFC, prestes a ser instalado.
Confira os novos valores para quem vai fazer sua primeira habilitação ou trocar de categoria:
1ª Habilitação
Cat. A – Moto: R$ 1.197,03
Cat B – Carro: R$ 1.532,33 (incluindo o simulador)
Cat AB – Carro e Moto: R$ 2.283,01
Mudança de categoria – Profissionais
Cat. C – Caminhão / Cat. D – Ônibus / Cat. E – Carreta (articulados): R$ 1.211,03
Adição de Moto (Cat. A): R$ 677,03
Adição de Carro (Cat. B): R$ 987,33

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top