terça-feira , 18 maio 2021

Vacina traz esperança na luta contra o Coronavírus

O mês de março foi o pior até agora em relação aos casos de Covid-19. Durante o mês a ocupação nos leitos do Grupo Hospitalar Santiago superou a sua capacidade, o que gerou muita preocupação. As mortes ocorridas nas últimas semanas foram reflexo direto de mais de 800 casos notificados.

Porém, com toda a situação dramática, existe uma esperança de melhora a partir dos resultados obtidos após a aplicação da segunda dose de vacina. Com a imunização completa do primeiro grupo (profissionais de saúde e idosos), se observou uma diminuição no número de infectados. É importante destacar que dos 819 positivados em março, apenas 17 foram de idosos acima de 80 anos e somente dois de 90 anos, mostrando que a vacina já está se mostrando eficaz

A vacinação em Santiago segue um cronograma bem avançado e com a chegada de mais 1.360 imunizantes, sendo 840 AstraZeneca e 520 CoronaVac o município conseguiu vacinar as pessoas de 69 anos, na segunda-feira 29; de 68 anos, na terça-feira dia 30 e as de 67 anos, na quarta-feira dia 31 de março, seguindo a ordem do cronograma definido pelo Plano de Vacinação.

O município receberá um novo lote de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta-feira, com isto, seguindo um pedido do Governo do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou que as equipes das Estratégias de Saúde da Família (ESFs) e Centro Materno Infantil estarão mobilizadas e motivadas para seguir vacinando as pessoas, com isto a comunidade poderá se vacinar na Sexta-feira Santa e também no sábado, das 8h às 12h.

As faixas etárias atendidas serão as pessoas de 66 anos na sexta e de 65 no sábado. Já na segunda-feira, 05, a ideia é seguir a vacinação para outras faixas, pois começa a aumentar o número de idosos acima dos 60 à medida que vai baixando a faixa etária. Quem não puder se vacinar na sexta e no sábado, pode procurar segunda-feira, pois o atendimento será o dia todo.

Em entrevista ao jornal A Folha, a Diretora Técnica do Grupo Hospitalar Santiago, Sônia Nicola, comentou sobre a situação no GHS neste momento. Sônia Nicola comemorou a redução no número de internações, segundo ela notou uma discreta diminuição de infectados, principalmente em pacientes acima de 80 anos, os quais já receberam as duas doses da vacina. Mas, de forma global não foi notada diminuição, quando se trata das demais faixas etárias.

Em relação ao número de infectados, na quarta-feira, 31, a Ala Covid estava com 35 pacientes, destes, 06 intubados, no Centro de Tratamento Intensivo – CTI são 09 pacientes, todos intubados. Desde o início da pandemia o município regista 78 óbitos.

Na última semana de março, foi notável a redução no número de casos, sendo uma média de 30 casos por dia, diferente do início do mês que chegamos a quase uma centena de casos diários.

Sônia Nicola desatacou ainda que na segunda-feira, 29, o GHS registrou 15 altas e na terça-feira, 06 altas. Segundo ela, estão internados no GHS 14 pessoas de outros municípios, sendo: Salvador das Missões, Dilermando de Aguiar, Itaara, Cerro Largo, Tupanciretã, Unistalda, Itacurubi, Nova Esperança do Sul e Jaguari, muitos encaminhados através da Central de Leitos do Estado.

A Diretora Técnica explica que mesmo com a redução nas internações é importante manter todos os cuidados e evitar viajar no feriado, pois assim estaremos nos prevenindo contra o Coronavírus.

Fica um apelo à população, que evitem visitar parentes neste feriado de Sexta-feira Santa e Páscoa, pelo bem de todos e das pessoas que amamos, o vírus é invisível, a única maneira de se proteger é mantendo os cuidados essenciais, como uso de máscara, álcool em gel, higiene das mãos e evitando aglomerações.

Para quem já está sendo vacinado ou que já recebeu as duas doses, também é imprescindível todos os cuidados, pois a vacina ajuda a evitar complicações mais sérias, mas não evita o contágio pelo vírus.
Foto: Divulgação

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top