sexta-feira , 19 agosto 2022

Energia Elétrica fica 8,4% mais cara 

Foi aprovado na terça-feira (21), pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), um reajuste de 8,4% nas tarifas de energia para clientes residenciais da concessionária RGE Sul.

Os novos valores entraram em vigor na quarta (22). De acordo com a Aneel, o índice seria maior, mas foi “atenuado” pelo repasse de R$ 5 bilhões obtidos a partir da privatização da Eletrobras, além da devolução de ICMS e da aplicação de recursos da Conta Escassez Hídrica.

A agência afirma, ainda, que os fatores que mais impactaram a tarifa foram “a retirada de componentes financeiros estabelecidos no último processo tarifário, encargos setoriais e custos com distribuição.”

A RGE atende 3 milhões de unidades consumidoras, em 381 municípios do Rio Grande do Sul. O reajuste tinha previsão de ser aplicado em 19 de junho, mas foi adiado pela Aneel, para aguardar medidas como a efetivação da privatização da Eletrobras e a aprovação, no Congresso, do projeto que impõe teto nacional de ICMS sobre a energia elétrica com potencial de atenuar a alta nas contas.

Fonte: GZH

Aumento foi confirmado na quarta-feira, 22
Foto: Divulgação

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top