quarta-feira , 18 maio 2022

Assassinato de secretário comove Capão do Cipó

Assassinato de secretário comove Capão do Cipó

Secretário e esposa foram mortos em sua propriedade
_MG_5574
Na manhã de terça-feira, 10, o plantão da Polícia Civil de Santiago foi comunicado pelo vice-prefeito do município de Capão do Cipó, que o ex-vereador e atual secretário da Agricultura Alacir Dessoe, 63 anos e sua esposa Araci Bernadete Dessoe, 58 anos estavam desaparecidos desde domingo, 08, quando foram vistos pela última vez.
O vice-prefeito relatou ainda que foram até a residência do casal e não encontraram ninguém, constatando-se manchas de sangue no interior do imóvel e a falta do veículo de sua propriedade. Posterior, o plantão policial recebeu um novo telefonema informando que haviam localizado o casal sem vida à beira de um açude em sua propriedade com partes dos corpos submersos.
A Delegada de Polícia Débora DurloPoltosi e a Equipe de Investigação da DP/Santiago foram até ao local do crime sendo acionado o Posto do IGP de Santo Ângelo para realização de perícias e após os corpos foram encaminhados para necropsia, cujos laudos serão aguardados pela autoridade policial visando apurar de que forma o casal foi assassinado.

Danieli Garcia das Chagas, de 22 anos, e Volnei Dorneles dos Santos, 23 anos, acusados da morte do casal já estão presos. O crime, que classificado inicialmente como latrocínio, ocorreu entre a noite de domingo e a manhã de segunda-feira.
Danieli foi presa no final da tarde de quarta-feira, 11, pela Polícia Civil e Volnei na quinta-feira, 12, pela Brigada Militar.
Danieli foi localizada pelo Setor de Investigação da Polícia Civil em uma residência no Bairro Nei Pereira juntamente com objetos roubados do casal e as roupas utilizadas no momento do crime. Já na madrugada de quinta-feira, na mesma residência, Volnei foi preso após denúncia anônima repassada ao mesmo tempo para o Setor de Investigação da Polícia Civil e para o fone 190 da Brigada Militar.
Eles confessaram o crime que teria ocorrido após uma discussão entre Alacir e Volnei. O acusado estaria pescando irregularmente no açude arrendado por Alacir, o que gerou o desentendimento seguido do crime. Pouco tempo depois, Bernadete foi morta. Logo após, o casal fugiu com o carro das vítimas para Santiago.
Danieli e Volnei foram encaminhados ao Presídio Estadual de Santiago. Eles foram presos temporariamente, mas as prisões devem ser convertidas em preventivas. Os dois eram vizinhos das vítimas e tem filhas pequenas, as quais crianças estão sob os cuidados do Conselho Tutelar de Santiago. 
O jornal A Folha conversou com o prefeito de Capão do Cipó, Osvaldo Fronner, que assumiu a prefeitura no início de janeiro, para falar sobre este fato triste, que abalou o município e região. “Capão do Cipó ainda está parado, transtornado, foi uma estupidez, Alacir era um secretário de alta competência, além de seu trabalho de secretário era uma conciliador, isso foi uma surpresa para todos, peço às autoridades que olhem para Capão do Cipó com mais atenção, de maneira diferenciada em relação as demais cidades”, comentou o prefeito Fronner.
Fronner parabenizou a rápida ação da Brigada Militar e Polícia Civil e destacou ainda algo muito importante, “Capão do Cipó e eu não acreditamos que o assassinato tenha sido motivado somente por desavença por conta de peixe, mas que existe outro motivo, pois o casal estava morando a aproximadamente cinco meses no local”, contou.

Relembre o caso:

Na manhã de terça-feira, 10, a Brigada Militar, com a ajuda de um morador da região, encontrou dois corpos em uma lavoura de soja. O casal foi identificado como Alacir Dessoe (63 anos) e Araci Bernardete Dessoe (58 anos), residentes em Capão do Cipó. Os dois estavam desaparecidos desde segunda-feira, quando Alacir não foi trabalhar, já que era secretário Municipal de Agricultura.  A Brigada Militar isolou o local até a chegada da perícia e uma equipe da Polícia Civil de Santiago.
Foto: Rafael Nemitz

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top