terça-feira , 24 outubro 2017

Eternos namorados

Eternos namorados

Depois de 42 anos, casal revive o amor do passado
DSC_1605

Segunda-feira é Dia dos Namorados ou dos Eternos Namorados, podemos também assim dizer. E para registrar esta data, o jornal A Folha vai contar a história de um casal, que o destino fez questão de unir.
Ana Rosa Dielo Moro e Mario OliIbairros da Silva se conheceram ainda jovens, ela com 15 anos e ele com 20. Ele era soldado do exército em meados dos anos 70 e, naquela época frequentava a Assembleia de Deus, foi onde conheceu Ana Rosa. O casal começou a namorar, em seguida ficaram noivos,o relacionamento durou um ano e pouco. Neste perídio, Mario decidiu fazer concurso para a Brigada Militar, porém ele teria de ir para Porto Alegre participar de um curso, pois era somente lá que seria feito.
Aí começou uma situação complicada, o pai de Ana Rosa, quando soube da decisão do noivo da filha viajar, decidiu que os dois deveriam casar em dois meses porque o noivado já estava longo, o noivo então disse “não tenho condições, pois não tenho nem onde cair morto, sou soldado do exército e vou procurar melhorar minha vida”, contou Mario.
Ao ouvir aquilo, Mario foi embora e o casal então nem se despediu. Mas Ana Rosa, sem saber de sua partida ainda o esperou. Ela conta eu espera Mario nas quartas-feiras, porque naquela época se namorava na quarta e no domingo à tarde. “Eu ficava cuidando ele na janela, e ele não aparecia, esperei por dois meses, chorei muito naquela espera”, conta Ana Rosa.
Foi quando sua mãe resolveu manda-la estudar em Santa Maria, onde estudou durante um ano e então nunca mais soube notícia alguma de Mario. Ana voltou de Santa Maria e, se casou com outra pessoa, o qual era amigo da família, eles construíram família, tiveram filhos e ele acabou falecendo. Passados 24 anos do falecimento de seu esposo, Ana Rosa reencontrou o seu grande amor do passado.
Ela conta que o reencontro se deu através de sua irmã e da irmã de Mario. Mario que também havia constituído família e estava separado. Foi quando as irmãs descobriram que Mario nunca tinha esquecido aquele amor do passado.Mas o destino já estava escrito e o encontro daqueles eternos namorados era certo. A irmã de Mario passou o número do telefone dele para Ana Rosa, e ela ligou para ele, isso aconteceu em uma sexta-feira 13, dia 13 de abril de 2013. O casal ficou um tempo se falando por telefone até se reencontrarem de novo.
Ana Rosa comentou que marcaram de se ver pessoalmente e ela ficava preocupada, pois já haviam se passado 42 anos, e então não saberia qual a reação ele teria ao vê-la. Medo de não gostarem mais um do outro, pois eram muitos anos que haviam se passado. Ela ainda contou que pediu conselho a um cunhado e ele respondeu a ela “quando tu olhares para ele, tu vais sentir tudo o que tu sentias antes”. E foi assim que aconteceu. “Quando nos encontramos, parecia que nunca tínhamos nos separado, nasceu tudo novamente, ele estava me esperando com flores, chorou bastante”, contou Ana Rosa.
Ana Rosa que hoje está com 60 anos e Mario com 65 anos, já estão juntos há 04 anos, hoje o casal vive muito feliz, aquele amor que existiu há 42 anos, voltou com toda a força, mesmo cada um tendo uma história de vida diferente.
“Estamos muito felizes juntos”, finalizou o casal de eternos namorados.

 

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top