segunda-feira , 22 julho 2019

Santiago conta com a MonaLisa Touch, uma nova técnica a laser para o tratamento de atrofia vaginal

Santiago, agora, conta com uma nova técnica que realiza tratamento de atrofia vaginal, com laser. De acordo com a Ginecologista e Obstreta – CRM 30816, Dra. Renata Burmann, o laser já existe há muito tempo, ele já é utilizado na Europa, Itália, Estados Unidos, a nível de Brasil começou em São Paulo e no Rio de Janeiro, no Rio Grande do Sul, Santa Maria já atua com a técnica há um ano, tendo quatro médicos que realizam os procedimentos. Agora Santiago também possui a realização da técnica, através da Dra. Renata Burmann.
Segundo a Ginecologista e Obstetra, Renata, este tipo de terapia ainda é muito cara, e uns dos pontos que encarece o procedimento é o aluguel da máquina.
Quem quer fazer uma avaliação, independente se é paciente ou não da Dra. Renata, pode procurar o consultório, o valor da avaliação é descontado do valor da sessão de laser. Conforme Renata Burmann, é preciso ter um número de pacientes para se alugar a máquina, neste primeiro momento, onde já foram realizados procedimentos com suas pacientes, foram sete, as quais seguirão o tratamento, até finalizar as 3 sessões.
A paciente que apresentar sintomas relacionados à atrofia vaginal, podem obter um novo equilíbrio por meio da recuperação da fisiologia genital e alívio de sintomas que sofre diariamente.
O A MonaLisa Touch promove a recuperação do equilíbrio da mucosa genital de uma maneira segura e indolor, utilizando métodos similares àqueles usados para retardar o envelhecimento da pele da face.
O efeito do laser sobre o tecido da mucosa vaginal estimula a produção de colágeno, melhora a funcionalidade da área tratada e restaura o fluxo apropriado de sangue.
MonaLisa Touch é natural, seguro e minimamente invasivo, restaura o tônus tissular e aumenta o fluxo sanguíneo e lubrificação, ou seja, normaliza naturalmente a fisiologia das paredes vaginais.
O tratamento é de rejuvenescimento vaginal e não deve ser confundido com tratamentos estéticos, ele é baseado em um laser fracionado de Co² especial, especificamente criado para esta aplicação em particular.
A técnica funciona como um procedimento assistido a laser min-invasivo, é realizado por um médico, ambulatorialmente ou hospital-dia; não envolve incisões ou suturas e não requer mais que uma hora por sessão.
O tratamento usualmente não requer anestesia, porém se o paciente preferir, um creme anestésico pode ser usado.
Os resultados podem ser observados após a primeira sessão; normalmente é recomendado um ciclo completo de 3 – 4 sessões com intervalos de 30-45 dias entre eles. Mas, o número de sessões pode mudar de acordo com o nível de atrofia vaginal a ser tratada. Somente o ginecologista pode avaliar e recomendar o plano de tratamento mais adequado após um exame cuidadoso.
Como benefício, a ação de estimulação laser no colágeno melhora o estado da mucosa que reveste as paredes vaginais e promove a reidratação e recuperação funcional dos tecidos vaginais.
Graças à sua ação sobre fatores que determinam o ressecamento, fragilidade e perda de elasticidade da mucosa, este tratamento de regeneração pode eliminar sintomas incômodos de prurido, irritação e dor, que se tornam particularmente agudos durante o ato sexual. Como resultado, a maioria das pacientes tratadas relata melhora da qualidade de vida e atividade sexual.
O laser fracionado de CO² permite tratar efetivamente até mesmo casos de vagina frouxa causados por perda de tônus da mucosa, se os músculos locais ou prolapso de vagina não estiverem envolvidos.
Este processo de estímulo e rejuvenescimento envolve células e tecidos e leva algumas semanas para ser finalizado. Os resultados podem ser observados aproximadamente até 45 dias após o final do tratamento.
Em relação à recuperação, os riscos para pacientes tratadas com MonaLisa Touch são mínimos. A maioria das mulheres relata efeitos colaterais temporários, ligeira vermelhidão e inchaço. Estes desconfortos usualmente desaparecem após um ou dois dias de repouso.
Durante o processo de cicatrização, pode ser recomendado evitar levantar peso ou algumas atividades, tais como tomar banhos quentes de banheira ou exercícios físicos. Seu médico fornecerá as indicações específicas para uma recuperação rápida.
Entre em contato com a Clínica Burmann e marque uma avaliação com a Dra Renata. O consultório está localizado na Rua Marechal Deodoro, 1438, sala 42 – Central de Clínicas São Lucas/Santiago-RS e atende pelos telefone 55 3251-4457 e 55 99616-7371.

Os comentários estão fechados.

Scroll To Top